Receita – Bolo de limão

DSC00731

 Esta é uma receita muito simples de fazer, ótima para aquelas pessoas que ficam receosas de explorar o mundo dos bolos. Eu concordo que confeitaria não é algo simples, pelo contrário, é extremamente metódica e faz você praticar sua paciência as vezes. Porém é possível encontrar receitas fáceis e sem mistérios, como essa que apresento a seguir.

O bolo verde de limão sempre agrada os mais exigentes paladares e causa uma boa impressão, pois parece muito mais difícil de fazer do que realmente é.

Encontrei esta receita na internet, fiz e aprovei!

Para a massa você vai precisar de:
4 ovos
1/2 xícara de óleo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de leite
1 caixa de gelatina de limão
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de Fermento em pó

Para começar bata no liquidificador os ovos com o óleo e o açúcar até que tudo esteja bem misturado e cremoso. Coloque a gelatina e continue batendo até dissolver. Peneire a farinha com o fermento. Despeje a massa em uma tigela e acrescente a mistura de farinha e fermento aos poucos, mexendo sempre e alternando com o leite. Coloque em assadeira untada e polvilhada com farinha. Asse em 180 graus por aproximadamente 35 minutos.

DSC00742

Para a cobertura você precisará:
1 lata de leite condensado
Suco de 3 limões Tahiti

Basta misturar os dois ingredientes com fouet até que se obtenha uma mistura homogênea e cremosa. Despeje sobre o bolo quando o mesmo estiver frio.

Bon Appetit !!

DSC00744

Por FELIPE PRADO

Christmas Turkey

Há poucos dias atrás aconteceu o feriado mais esperado nos Estados Unidos da América: Thanksgiving (Dia de Ação de Graças).

E como “quase americanos” (rsrsrs) resolvemos seguir a tradição e fazer o famoso peru, stuffing (recheio feito a base de pão) e gravy (molho).

A receita que vou colocar aqui hoje é a que aprendi e fiz aqui em casa. Ficou ótima, e para quem ainda está a procura de uma receita para o peru de Natal esta é uma ótima pedida.

Você vai precisar de:

– um peru

– manteiga

– vinho branco (Chardonnay ou Pinot Gris)

– folha de louro

– dentes de cravo

– meia cebola

– mostarda Djon

– sal e pimenta moídos na hora

– damascos

– abacaxi em lata

– maçã verde

– farinha

Primeiro seque bem o seu peru e use seus dedos para separar a pele do peito da carne sem que ela fure. Nessa cavidade você deverá colocar manteiga amolecida por todo o peito. Isso ajudará que ele não seque. Passe a mostarda Djon por toda a pele do peru.

Tempere toda a ave com sal e pimenta, inclusive em sua cavidade. Depois faça o que chamamos de “onion piqué”, corte a cebola ao meio e use os dentes de cravo para segurar a folha de louro junto à cebola. Coloque-a dentro da cavidade do peru.

Corte a maçã verde com casca em fatias ou em cubos. Coloque o peru em um saco onde ele ficará marinando de um dia para o outro na geladeira. Coloque os damascos secos, o abacaxi em lata cortado em cubos juntamente com o caldo da lata, as maçãs cortadas, por último regue com uma garrafa de vinho branco seco.

photo

Ele deverá ficar marinando por no mínimo 24 horas. Depois é só levar para assar e não esquecer de regar sempre com o caldo da forma.

Quando a ave estiver pronta (não sai líquido vermelho quando se perfura a coxa e sobrecoxa) retire-a da assadeira juntamente com todas as frutas. Coe o caldo e leve ao fogo. Faça uma mistura de farinha com manteiga na proporção 50%/50% e adicione ao líquido mexendo sempre com um fouet para que não empelote. Esse será o molho para seu peru, aqui chamado de “gravy”.

Pronto! Agora é só saborear com a família reunida!

Bon Apetit!!

Semifreddo Al Cioccolato

O mês de novembro mal começa e já nos remete as festas de fim de ano, lojas recheadas de enfeites natalinos, supermercados com delícias somente encontradas nesta época do ano e o clima de Natal nos contagia.

Quando pensamos nas festas que estão por vir e nas recepções para a família e os amigos uma coisa que nos preocupa sempre é a sobremesa. Por isso, hoje, trago uma receita deliciosa que sempre encanta aqueles que adoram sorvete e chocolate! E o melhor, é super fácil de fazer!

Originário da Italia, semifreddo significa “meio gelado”, porque se trata de uma mousse quase congelada. É uma das sobremesas preferidas do pessoal aqui de casa.

Semifreddo al cioccolato

Para o semifreddo de chocolates você precisará de:

125 g de chocolate branco de boa qualidade

125 g de chocolate meio amargo ou ao leite (para aqueles que preferem uma versão mais doce) de boa qualidade

80 g de açúcar

6 gemas

2 colheres de sopa de essência de baunilha

600 ml de creme de leite fresco

Comece derretendo os chocolates em banho-maria para não queima-los (você até pode usar o microondas, mas como estudante de gastronomia em uma instituição francesa, usarei o bom e velho bain-marrie). Quando derretidos adicione 40 g de açúcar em cada um e misture bem até que esteja totalmente dissolvido. Acrescente uma colher de essência de baunilha em cada mistura e  três gemas, misturando bem. Importante o chocolate estar frio quando misturar as gemas para evitar que elas cozinhem.

Reserve as misturas e prepare o chantilly com uma colher de sopa de açúcar. Cuidado para não bater demais, caso contrário você terá manteiga e soro de leite! Incorpore cuidadosamente metade do chantilly em cada chocolate. Forre uma forma de bolo inglês com plástico filme e coloque primeiro a mistura de chocolate meio amargo e depois a de chocolate branco. Embrulhe e leve para o freezer por no mínimo 8 horas. Depois é só desenformar e fatiar!

Para decorar pode-se preparar um ganache com chocolate ao leite derretido e creme de leite fresco!

Bon Apetit!

Nobu South Beach

Um dos restaurantes japoneses mais badalados de Miami Beach é o Nobu! Presente em várias cidades americanas, aqui em SoBe ele fica no Hotel Shore Club.

Bem frequentado, moderno e sofisticado. É um restaurante com um público bastante jovem e ótimo para quem pretende esticar a noite na balada.

us_florida_miami_beach_shore_club_south_beach_nobu_restaurant_1_7583911bce2401dcc19652948a338533_600x400

O Nobu é especialista em tempuras, há para todos os gostos, experimentamos o carro chefe da casa – Lobster Tempura e um dos meus preferidos, Tempura de Cogumelos! Todos absurdamente deliciosos.

IMG_4399

IMG_4406

Depois, seguindo as dicas do garçom simpático que nos atendeu, pedimos o Black Cod outro signature dish do Nobu! O peixe derrete na boca.

IMG_4403

Para fechar a noite de extravaganzas pedimos o Roll de banana com Dulce de Leche! Que perdição!

IMG_4408

O restaurante não é dos mais baratos, mas vale cada centavo.

Recomendamos a todos  que estiverem visitando Miami e quiserem passear nas badaladas noites de South Beach com alta gastronomia.

Bon Apetit!

Aligot

Não, não é um purê de batatas! Rsrsrs. Claro, vai purê na receita, mas o Aligot é muito mais que um simples purê. Depois que experimentei se tornou um dos meus pratos preferidos!

aligot alex atala

A receita original vem de Aubrac, região dos alpes franceses. Por lá existem restaurantes especializados em Aligot.

É costume dos europeus comer queijo depois da refeição principal e antes da sobremesa, e o Aligot por ser um prato com muito queijo, é servido neste momento e é chamado de prato de transição, ou “pre dessert “.

Para fazer um Aligot perfeito é necessário treino, eu mesmo acredito que não consegui chegar a perfeição mesmo após inúmeras tentativas, mas se você tomar os devidos cuidados um bom Aligot pode ser feito.

O grande Chef Alex Atala nos ensinou uma versão tupiniquim da receita francesa, usando nosso queijo-de-minas padrão e Gruyère ao invés do Tome de Cantal ou do Laguiole franceses (quase impossíveis de se encontrar por aqui).

Para o aligot você precisará de batatas Rosenthal ou Asterix (de casca vermelha). Cozinhe as batatas e passe pelo espremedor no mínimo duas vezes. Depois passe por uma peneira bem fina para eliminar todos aqueles grãozinhos da batata. O resultado dessa operação deverá ser uma massa lisa e homogênea.

Rale os queijos. A proporção é de 1/1, então se estiver usando 500g de batatas, precisará de 500g de queijo (50% de queijo-de-minas, 50% de Gruyère).

Em seguida coloque o creme de leite (100ml) para aquecer e prepare o purê com as batatas espremidas, creme de leite e manteiga (uma colher de sopa generosa). Mexendo vigorosamente. O purê não pode ser muito firme, acrescente creme de leite conforme a necessidade. Nunca usar fogo alto!

Uma vez que o purê estiver pronto comece a acrescentar os queijos, um pouco de cada vez, alternando os dois tipos. Não pare de mexer e mantenha o fogo brando.

O Aligot deverá ficar “puxa”, como uma massa elástica de puro queijo derretido com batatas, uma verdadeira tentação. O Aligot não é salgado, mas também não deve ser doce, o próprio sabor dos queijos prevalecerá.

Você poderá servi-lo com carnes ou depois do prato principal. Meu preferido é filé ao molho bordalaise com o Aligot!

IMG_4710

Bon Apetit

Homemade Burger e Galletes de batatas

      Hoje é dia de hambúrguer!

     Quem nunca fez hambúrgueres em casa não sabe o que esta perdendo. A receita não tem segredos e seu lanche ficará muito mais saboroso. Um bom hambúrguer é feito de carne e mais nada! Não precisa adicionar creme de cebola, farinha, alho, ovo, etc…

      O primeiro passo é comprar uma boa carne moída. Eu gosto muito de usar “fraldinha”, porque ela contém gordura, e gordura além de dar sabor deixa o hambúrguer mais suculento.

      Para dois hambúrgueres você precisará de:

– 400g de “fraldinha” moída

– 2 colheres de sopa de água gelada

– 1 colher de sopa de azeite,

– pimenta e sal moídos na hora

     Misture a água gelada e o azeite com a carne e depois molde seus hambúrgueres. Esquente a frigideira, não precisa adicionar óleo porque a carne já é gordurosa, moa pimenta e sal nos dois lados do hambúrguer e coloque um por vez para grelhar.

      Doure por dois a três minutos de cada lado, dependendo da espessura que você moldou sua carne. No último minuto coloque duas fatias de queijo prato para derreter encima do hambúrguer.

     Para acompanhar o meu hambúrguer dessa vez eu não usei pão, fiz uma Galette de batatas, um acompanhamento tradicional francês. É muito simples. Descasque sua batata e corte-a em fatias muito finas ou passe-a pelo mandolin (cortador de legumes). Organize-as em forma de um círculo, tempere com sal, pimenta moída na hora e azeite. Coloque para assar até que fique dourada e crocante.

      Para finalizar, aproveite todo o sabor que ficou em sua frigideira adicionando uma colher de sobremesa de mostarda Djon e uma xícara de creme de leite fresco. Aguarde reduzir e coloque por cima de seus hambúrgueres. Uma delícia!

    IMG_1094

Bon Apetit!

Onion Rings!

Quem não gosta das cebolas crocantes dos fast foods ou dos tempuras dos restaurantes japoneses?! Pois bem, essa é uma receita simples e fácil de se fazer em casa.

Você precisará de:

2 gemas de ovo

500 ml de club soda

300g de farinha de trigo

2 colheres de sopa de fermento químico

1/2 colher de sopa de sal

2 claras em neve

Cebolas grandes cortadas em anéis

óleo para fritar

Misture as gemas com o club soda. Separadamente misture a farinha, o fermento e o sal. Junte todos os ingredientes secos aos líquidos. Por último, bata as claras em neve e misture delicadamente a massa. é importante não peder o ar das claras ao incorporá-las a massa!

Passe os anéis na massa e em seguida coloque com cuidado no óleo ja quente. Vire para dourar dos dois lados e seque em papel toalha.

As cebolas podem ser substituídas por beringelas, cogumelos, abobrinhas, brocoli, cenouras, couve-flor, batata doce… ummmm

Bon Apetit!

A_Little_Slice_of_Kevin

veg_tempura1